Gerenciamento de crise da Ades Brasil

Matéria do UOL sobre Ades Brasil e a Anvisa em 18 de março

Após meses acompanhando a Ades Brasil, mais uma novidade. No dia 18 de março, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão da fabricação, distribuição, comercialização e consumo, em todo o território nacional, de todos os lotes de vários produtos da marca Ades por “suspeita de não atenderem às exigências legais e regulamentares” do órgão. A medida, válida para todo o território nacional, engloba todos os sabores do produto. De manhã, a matéria estava no UOL Economia: “Após contaminação, Anvisa suspende produtos com soja da marca Ades”. Algumas horas depois, a fan page da Ades Brasil publicou sobre o assunto. Em cerca de 4 horas, temos quase 1.000 compartilhamentos, 1.149 curtir e muitos comentários.

Comunicado oficial da Ades Brasil no Facebook em 18 de março de 2013

Lidar com os comentários receosos e reclamações, agora, é o maior desafio no gerenciamento de crise. Veja alguns deles:

Comentários no comunicado oficial da Ades Brasil no Facebook em 18 de março de 2013

Histórico

Em 22 de novembro, escrevi o post sobre o gerenciamento de crise da Ades Brasil. Hoje, 13 de março, quase quatro meses depois, soube novamente pelo antenado Temo Mori, sobre o “Comunicado Importante”, no Facebook da Ades Brasil:

Comunicado importante da Ades Brasil em 13 de março de 2013

Felizmente, a empresa está preocupada e até compartilhou novamente o post no dia seguinte:

Post Ades Brasil Comunicado Importante em 13/03/13

A primeira coisa a fazer é tentar avisar aos amigos e familiares via redes sociais e e-mail sobre o problema com o Ades de maçã, com validade de 22/12/2013. Agora, é torcer para que ninguém consuma esse lote. E a empresa está muita rápida nas respostas. Bacana ver as mudanças….

Acompanhe a matéria de 22/11/2012:

Matéria no G1 sobre o objeto estranho em suco da Ades Brasil

Quando uma crise se espalha nas mídias sociais, é interessante acompanhar as ações das empresas já que a internet é uma área muito sensível para se trabalhar. Na imagem acima, em agosto, Elisangela Pinho denunciou o objeto estranho que encontrou no suco ao site G1. Ontem, 21 de novembro, soube pelo colega Temo Mori sobre mais um caso complicado para a Ades Brasil.

Temo Mori e Alaina Paisan comentam sobre a crise na Ades Brasil

Não divulgo a foto aqui para não ficar com essa imagem na memória, já que o suco da empresa é um dos meus favoritos.

Após a divulgação na fan page Analista de Mídias Sociais da Depressão da reclamação de Ursula de Oliveira na imagem com mais de 138 mil compartilhamentos, e a análise de Temo da crise iniciada na segunda, a Ades Brasil se pronunciou dois dias depois, na quarta-feira. Veja:

Comunicado da Ades Brasil no Facebook, em 21 de novembro

A lição que fica sempre em casos de gerenciamento de crise é que a empresa seja transparente e rápida para lidar com a situação. A foto de Ursula com mais de 138 mil compartilhamentos, fatalmente agora que você está lendo deve ter ultrapassado muito mais que 200, 500 mil ou até 1 milhão de compartilhamentos.

Infelizmente, nesse momento, fica o aprendizado para a empresa e também que o consumidor cumpra as regras de conservação do produto.