A beleza estonteante de Raica Oliveira

Presente da natureza

Por Kelly Nagaoka

Quando o assunto é beleza, ela aprecia o diferente e o natural. Assim é a supermodelo, que mora em Nova York há muitos anos. Conheça os segredinhos de Raica Oliveira para manter o corpo perfeito, mesmo com a correria de viagens para diversas partes do mundo

Ela mora há oito anos em Nova York e a cada semana está em um lugar diferente. A saudade do dia a dia no Brasil é grande. Mesmo quando vai a um restaurante brasileiro, observa que o sabor e o tempero não são os mesmos. E pelo menos a cada dois meses vem ao País a trabalho e para visitar a família em Niterói (RJ). Assim é a vida agitada da top model Raica Oliveira, de 25 anos, que está namorando sério há pouco mais de um ano. “Pretendo morar junto só depois do casamento”, afirma a bela, que sonha em trabalhar com vários fotógrafos renomados, como a americana Annie Leibovitz e o italiano Paolo Roversi.

“Na verdade, não penso muito no futuro, sempre estou de olho no próximo trabalho. A vida muda muito. Deixo as coisas fluírem normalmente. Mas tenho vontade de mexer com TV”, revela a musa, que, em 2008, comandou um quadro no programa Hoje em Dia, da Record. A seguir, confira revelações à revista Zero sobre moda, beleza, dieta, fitness, entre outros assuntos.

1. Tratamentos estéticos preciosos

“Quando volto ao Brasil, em São Paulo, faço drenagem linfática quase todos os dias na clínica de estética de Cris Coelho, além de VelaShape para manter o corpo. No Rio de Janeiro, vou à clínica da dermatologista Karla Assed. Gosto do peeling de cristal e peeling de ácido. Utilizo um laser também para fechar pontas duplas. Em Nova York, muitas máquinas não são liberadas, por isso acredito que no Brasil há mais recursos estéticos que nos Estados Unidos.”

2. Cabelos sem condicionador
“Em casa, utilizo o xampu e a máscara da Kiehls. Acho mais forte que condicionador. E a hidratação mais profunda faço no salão do meu amigo Helio de Souza, em Nova York. É a melhor que tem. Faço uma vez por semana. Quando estou em São Paulo, frequento o salão do Marco Antonio de Biaggi. Lavo os cabelos a cada dois dias, de três a quatro vezes por semana. Não gosto de cabelo curto e adoro penteados.”

3. Ousada na tatuagem
“Tenho seis tatuagens: duas borboletas, duas estrelas, um terço e um coração sagrado no cóccix. Nunca planejei estas tatuagens e também nunca me arrependi. A mais recente foi o terço no pé, em dezembro, com um renomado tatuador de Los Angeles.”

4. Moda chique e nada chamativa
“Gosto das seguintes marcas: Alaia (francesa), Stella McCartney, Marcelo Quadros e Victor Dzenk. No dia a dia, no frio, coloco muita bota, calça e legging. No verão, adoro vestido e saia. Gosto de tecidos leves, e não suporto usar nada apertado e de cores muito chamativas, além de evitar misturá-las muito. Dou preferência ao creme, azulescuro e branco. Quando comecei na carreira de modelo, lembro das roupas que usava e penso em como tive coragem de sair com elas. Mas você vai crescendo, amadurecendo, criando o próprio gosto, o que gosta e não gosta mais. Ao viajar, você conhece outras marcas e percebe o que combina mais com você e descobre seu próprio estilo. Comigo foi assim.”

5. Fã do natural
“Sou adepta de marcas naturais, que não levam nada de química. Uso há mais de seis meses a marca australiana Sodashi, que tem sérum, creme para o corpo, máscara para pele sensível, desodorante. É totalmente natural.”

6. Make só no trabalho e eventos especiais
“Fora do trabalho, não uso nada, para a pele respirar. Muita maquiagem bloqueia os poros. Em dia de festa, uso o rímel e corretivo para olheiras Touch Éclair, ambos da Yves Saint Laurent, blush da Giorgio Armani bronze e um gloss para finalizar o look. Quando é um evento de moda, conto com a ajuda de um maquiador. Até hoje não sei me maquiar.”

7. Plástica só em último caso
“Se precisar, opero. Não sou avessa, não digo que nunca vou fazer. É normal. Às vezes, a pessoa passa por um acidente. Só sou contra o excesso. Agradeço muito a Deus pelo meu biotipo. Se pedir mais alguma coisa, estraga. Às vezes, acordo de manhã e me acho tão feia. Olho todo dia no espelho e muitas vezes fico enjoada da minha cara. Não fico me admirando.”

8. Fitness leve
“Faço pilates e ioga. Tem vezes que consigo praticar por duas semanas direto. Não sou fã de academia, mas lá faço transport. No colégio, jogava muito queimada. Era a número um. Magra, tinha muita força e corria bastante. As meninas até ficavam com medo. Participava das competições no colégio. No basquete, o professor me colocava porque era alta. Hoje, não gosto de nada com muita adrenalina. Não curto esporte pesadão. Por exemplo, no pilates não precisa pular. É um exercício que coloca a coluna no lugar, dá boa postura, define o abdome. Já a ioga alonga a musculatura. Gosto da combinação dos dois.”

9. Alimentação
“Considero-me vegetariana desde que nasci por influência dos meus pais. Comia peixe e frango. Aos 19 anos, parei de comer frango. Peixe, há quase dois anos. Não gosto de comer bicho. Como ovo, tomo leite. Nunca tive curiosidade de experimentar carne. Minhas comidas preferidas são pizza, risoto de cogumelo, farofa de ovo, sendo o número um: ovo estalado com gema dura, feijão e farofa de ovo. Tem uma receita inusitada de batata frita com ovo. Você frita o ovo, e quando pegar a consistência, jogue a batata. O ovo frita junto com a batata. É um prato da culinária espanhola. Conheci quando fui ao restaurante com uma amiga. Gosto de cozinhar espaguete com molho de tomate e parmesão e espaguete com cogumelo. De doces, os melhores são pudim e cupcake de chocolate, vanilla, que compro em Nova York.”

Curiosidades sobre Raica Oliveira

 Não gosta de coisa que todo mundo tem, como batom, gloss, perfume (usa a marca de uma amiga, que prefere não citar o nome).
 Não faz o lanche após o almoço e o jantar. “Gosto de ter fome para comer. Se engordo 1 kg ou 2 kg, perco rápido.”
 Revelou que não sabe se maquiar. Nos eventos de moda, recorre ao maquiador. Mas em festas tenta se virar com a própria maquiagem.
 Era viciada em MSN. “Ao invés de ficar na rua, estava no computador. Hoje, quando viajo, não levo o notebook. Levo livro, vou à academia. Para mim, o computador serve para notícia, música, iTunes e Google.”
 Nas horas vagas, quer ficar em casa com os cachorros. Ela tem um cachorro em Nova York, um Lulu da Pomerânia, chamado Pipoca.

Cardápio

Café-da-Manhã
 Iogurte com granola
 Suco de laranja
 Torrada com mel
 1 fruta (mamão ou morango)

Almoço
(depende de onde está)
 Salada (tomate com mussarela caprese, salada Caesar com parmesão e torrada)
 Ovo
 Feijão
 Lentilha
Tofu

No restaurante vegetariano:
 Guaca mole
 Seitan (mistura com tofu)
 Hambúrguer de soja vegetariano “Quando estou cansada, vou à pizzaria”, desabafa.

Lanche da Tarde
“Não como, pois almoço bem”, diz Raica.

Jantar
 Lanche leve (sanduíche) ou salada
 Café com leite ou vitamina

Fotos: Renam Christofoletti Assistentes: Rodrigo dos Santos e Bruno Mendes Styling: Anderson Vescah Produção: Marcell MaiaBeleza: Renner Souza (Aba MGT) Ela veste: Biquínis Ki Korpo e acessórios Francesca Romana Diana, Fabrízio Giannone (biquínis amarelo e rosa) e Closet 667 (rosa)


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>