Sandra Huang conta sua história

Margareth Huang e Sandra

Margareth e Sandra Huang

Quando conheci a estilista e minha grande cliente nas mídias sociais, Sandra Huang, por meio de Joana Okoshi (autora do livro “Em Sintonia com a Vida”), no início de julho, não imaginava quantas histórias essa linda chinesa guardava.

Em um dia de bate-papo, que durou muitas horas, descobri os diversos lados da vida cheia de desafios de Sandra.

Uma delas, a mais difícil, ela contou de uma maneira tão suave que não dava para imaginar que ela tinha passado por isso. Somente com o post abaixo, no blog dela que administro, ela escreveu mais detalhes.

Confira

Sandra pintando no hospital

Sandra pintando no hospital

Sempre… Sempre é uma história… Talvez por isto eu sempre hesitei em escrever/falar sobre o assunto! Por que as outras doenças também não “rendem” uma história? Existem tantas tão fatais quanto, mas o câncer carrega este estigma da morte, ou “a luta pela vida”!! Mas nunca me senti uma heroína nesta batalha! Heroína para mim é a mulher com seis filhos para criar e sem emprego! Esta, sim, luta arduamente pela sobrevivência! Quando me diziam… Tão jovem, tão bonita… Com câncer… Ué, não entendi. Por quê?! Se eu fosse velha e feia, tudo bem, então? A “perda/pena” já não seria tanta?

Aprendizados da vida 

Como agora eu e o Reynaldo Gianecchini temos algo em comum, além da beleza (é humor negro, sim, a vida também tem seu lado engraçado mesmo nas dificuldades, viu, gente?), resolvi falar um pouco sobre o assunto! Mas, antes, passo a palavra ao trecho do blog Força na Peruca, de Márcia Cabrita: “Eu fiquei gravemente doente. Ao contrário do que muitos fantasiam, não tirei de letra. A cobrança de positividade acabou se tornando um problema. Acho um saco quando dizem: ‘Fulano perdeu a batalha contra o câncer’, ‘Fulana tem tanta vontade e alegria de viver que foi salva’ ou ‘O amor por meus filhos me salvou’. Me parece tremendamente injusto. Quer dizer que quem morre não amava a vida? O amor pelos filhos não era grande o suficiente? A fé foi pouca? Ninguém diz que alguém perdeu a batalha para o enfarte, nem que amava tanto a vida que ficou bom da tuberculose”.

Faço destas minhas palavras. É isso aí, Márcia!! Colega (de câncer)!!rsrs

Tenho linfoma não-Hodgking há mais de 10 anos, com direito ao kit completo: quimioterapia, radioterapia, perda de cabelo, vômitos, etc. E, em 2008, um transplante autólogo de medula (detalhe: provavelmente não-curativo)! Viver com esta faca apontada não é mole!

Dizem que uma imagem fala mais que mil palavras. Então, não vou me estender. O recado está claro, não? É o tal do “copo meio cheio”.

Superação

Claarooo que não foi fácil. Eu achava que ia desidratar de tanto chorar. Dormir, então, só à base de remédios. Mas como diz o ditado popular (todos são de uma verdade absoluta!) “a vida segue”, “depois de hoje vai ter o amanhã” (ainda que não estejamos aqui para ver).

Cada caso é um caso, cada pessoa é uma pessoa, mas a receita não muda. Tentar fazer coisas que gostem, se ocupar, aproveitar para repensar a vida, poder após de tudo se dar ao direito de reinventar uma nova forma de levar a vida, repensar os valores. O que é que realmente te faz feliz?  Será que você sabe? É claro que provavelmente não sabe! Pensa que sabe! Esta é uma “boa” hora para descobrir!!

O pior que pode te acontecer não é o câncer. É você se sentir vítima dele! Apesar que, putz, ele  sequestra a tua vida, e pede às vezes de resgate a própria (estão vendo por que nunca aceitei dar depoimentos?). Nem todo mundo quer ouvir a verdade. Mas ninguém morre de vésperas e  a doença vai te dar um presente! Um par de óculos para você enxergar a vida diferente! Claro, claro, você pode jogá-los fora. O livre-arbítrio não é lenda não!

Eu tive tantas histórias engraçadas/felizes no decorrer do tratamento, que não daria para contá-las aqui. Cuidado para que as lágrimas não te impeçam de enxergar as tuas. Também não fique se cobrando para ser “forte”! Chore tudo o que tiver direito, berre, se revolte, seja paparicado, mande trazerem mais chocolates, mas, depois, chega, né? Vá se reinventar! E olha que não é a todo mundo que este privilégio/benção é dado! É difícil enxergar as bençãos da vida quando elas chegam disfarçadas de desgraças, né? ;)

- Conheça melhor a estilista Sandra Huang

Empresas querem investir nas redes sociais imediatamente

Mais uma boa notícia para quem investe nas mídias sociais, como é o meu caso.

Uma pesquisa aponta que 70,4% das empresas pretendem investir em ações nas redes sociais imediatamente.

O Ateliê Sandra Huang optou por esse investimento há menos de dois meses e já teve bons resultados, como Sandra relata no depoimento abaixo.

Com esse elogio, fico ainda mais motivada a continuar nessa aposta, que possui inúmeros desafios. Afinal, a área de mídias sociais apresenta novidades diariamente.

Confira todos os detalhes da matéria “Os objetivos das empresas brasileiras na gestão de redes sociais”, de 23 de agosto.

Fonte: Portal Meta-Análise

A Orbium, empresa especializada no desenvolvimento e na comercialização de softwares para Contact Center, acaba de divulgar uma prévia da pesquisa “CRM e Redes Sociais”, realizada com 156 companhias no País com o objetivo de identificar seus anseios e metas em relação à gestão da marca/produtos nas mídias sociais.

O levantamento foi conduzido entre os dias 5 e 19 de agosto e abordou organizações de diversos segmentos, com representantes dos setores de serviços, financeiro, tecnologia, comunicação, varejo, benefícios, transportes, automotivo, seguros, imóveis, utilidades, indústria, call center  e telecom.

Do total de empresas consultadas pela Orbium, 70,4% disseram que pretendem investir em ações nas redes sociais imediatamente, enquanto 22,5% têm intenção de apostar nesse nicho, mas não a curto prazo. A minoria, representada por 7,1% dos entrevistados, garante que não tem interesse em investir nessas mídias.

Quando questionadas se já realizaram monitoramento de suas marcas nas redes sociais, 57,1% responderam que sim, de forma manual, e 22,9% já o fizeram de forma automatizada. Nesse contexto, 52,1% das organizações entrevistadas consideram muito importante o monitoramento de sua imagem na internet, 43,7% classificam como importante e apenas 4,2% acreditam que esse trabalho seja irrelevante.

Além disso, 47,9% das empresas pesquisadas disseram que realizam ou já realizaram campanhas nas redes sociais e 42,3% afirmaram que nunca fizeram, mas possuem interesse. Somente 9,8% das companhias consultadas responderam que não promoveram ações nas redes sociais e que iniciativas dessa natureza não constam de seus planos. Sobre a possibilidade das redes sociais gerarem insights para as empresas, 53,5% das entrevistadas acreditam que elas podem sim contribuir com o negócio.

A Orbium também perguntou como as empresas percebem a interação de redes sociais com o CRM (termo usado para o gerenciamento do relacionamento com o cliente). Os dados mostram que 48,6% das organizações consultadas acreditam ser muito importante integrar o conteúdo das mídias sociais com o CRM. Outros 48,6% disseram que consideram importante, mas não a prioridade para seu negócio. Apenas 2,8% afirmaram ser irrelevante essa interação.

Conheça mais mimos do Ateliê Sandra Huang

Como comentei no post anterior, o Ateliê Sandra Huang tem muitos produtos diferenciados. Conheci o local ontem e queria basicamente levar um pouco de tudo (bolsa, bandeja, quadro, casacos, etc.), mas precisei me controlar.rs

O que mais me chamou a atenção foi a alegria, a força e o talento de Sandra Huang.

Está perto do metrô Ana Rosa? Então, que tal agendar uma visita no espaço?

É preciso ligar antes e combinar com a Sandra um horário. O ateliê fica na Rua Humberto I, 298, bloco B, sala 1 ou 4.

Caso se interessar pelo trabalho da querida Sandra Huang, entre em contato comigo por aqui ou no e-mail knagaoka@gmail.com.

 

 

 

Ateliê Sandra Huang em São Paulo

Hoje conheci o trabalho da talentosa artista plástica, artesã e estilista Sandra Huang. O ateliê de Sandra, que fica pertinho do metrô Ana Rosa, vende roupas e artesanato, e só atende com horário marcado. Um charme isso.rs

No passado, ela já desenvolvia para conhecidas marcas, como Private Labels, e agora está trabalhando com suas próprias etiquetas. Comprando diretamente com ela, você encontrará um preço bacana, principalmente nas roupas de inverno.

Além das roupas, é possível encontrar bolsas, quadros, garrafas decorativas, bandejas, caixas, etc. Meninos, é uma ótima opção de presente para suas amigas e companheiras. Meninas, dá até para antecipar a compra do Natal.;)

Eu adorei o trabalho dela. Tirei algumas fotos para vocês conhecerem.

É preciso ligar antes e combinar com a Sandra um horário para visita. O ateliê fica na Rua Humberto I, 298, bloco B, sala 1 ou 4.

Caso se interessar pelo trabalho da querida Sandra, entre em contato comigo por aqui ou no e-mail knagaoka@gmail.com.